terça-feira, 21 de julho de 2015

Iberescena: Fundo de apoio às artes cênicas já está aberto


O Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-Americanas (Iberescena) está com inscrições abertas até o dia 30 de setembro deste ano, com opção de três modalidades. A assistência varia de € 6 mil a € 30 mil. Em moeda brasileira, algo em torno de R$ 20 mil a R$ 104 mil.

As informações e os formulários de cada um dos processos seletivos estão disponíveis, em português, na página eletrônica www.iberescena.org. Esta nona edição do projeto contempla as seguintes categorias:

A) Redes, festivais e espaços cênicos para a programação de espetáculos;
B) Coprodução de espetáculos ibero-americanos de artes cênicas;
C) Processos de criação dramatúrgica e coreográfica, em residência.

Por meio do edital, o Fundo de Ajuda investe na promoção dos Estados membros e, com apoio financeira, cria um espaço de integração para as artes cênicas.

Além da Secretaria Geral Ibero-americana (Segib), o programa é integrado e financiado por 13 países: Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

Desde 2007, o Iberescena recebeu um total de 3.755 cadastros e custeou 812 projetos, com investimento de quase € 8 mi - ou mais de R$ 27,5 mi. O que representa 295 contemplados na categoria A, 166 na B e 300 na modalidade C.

Seleção de projetos 2015/2016

A) Ajuda a redes, festivais e espaços cênicos para a programação de espetáculos

Público: Redes, festivais, salas e espaços cênicos públicos ou privados.
Prioridade: Investir em propostas de circo, de dança contemporânea e/ou criação atual e de teatro.
Valor máximo: € 30 mil (sujeito à disponibilidade do Fundo).

B) Ajuda a coprodução de espetáculos ibero-americanos de artes cênicas

Público: Entidades ou instituições públicas ou privadas, grupos e companhias de teatro, dança contemporânea e circo profissionais.
Prioridade: Mostrar atividades que contribuam para o fortalecimento dos planos de cooperação e integração do programa Iberescena.
Valor máximo: € 25 mil (sujeito à disponibilidade do Fundo).

C) Ajuda aos processos de criação dramatúrgica e coreográfica, em residência

Público: Entidades e artistas criadores
Prioridade: Apoio para processos de residência em criação cênica, com liberdade temática, a fim de incentivar estas atividades. Em nenhum dos casos a ajuda será destinada à produção.

Valor máximo: € 6 mil (criadores) e de € 8 mil (entidades) - sujeitos à disponibilidade do Fundo.

terça-feira, 14 de julho de 2015

Festival Matias de Teatro de Rua já começou



As cidades de Bujari, Plácido de Castro, Senador Guiomard e Rio Branco receberão o Festival Matias de Teatro de Rua até o próximo sábado, 19.

Grupos do Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pernambuco, Brasília, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul encenarão 41 espetáculos abertos, além de oficinas de formação.

A proposta é promover o livre acesso aos bens culturais, por meio da ocupação de espaços públicos, e estimular trocas de experiência e interação artística entre o movimento teatral e a plateia.

Realização da Cia Visse & Versa, Federação de Teatro do Acre (Fetac), Rede Brasileira de Teatro de Rua (RBTR) e Serviço Social do Comércio (Sesc). Apoio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB). 

Programação para terça-feira (14/07)

Espetáculo: Compassos em Silêncio, às 17h
Grupo: Locômbia (RR)
Local: Em frente aos Correios, no Bujari

Espetáculo: O Dragão de Macaparana, às 17h
Grupo: Soufflê do Bodó Company (AM)
Local: Praça Fontenele de Castro, em Senador Guiomard

Espetáculo: Rua Sem Saída, às 17h
Grupo: Nativos Terra Rasgada (SP)
Local: Centro da Juventude do Recanto dos Buritis, em Rio Branco

Espetáculo: Saltimbembe Mambembancos, às 18h
Grupo: Rosa dos Ventos (SP)
Local: Em frente aos Correios, no Bujari

Espetáculo: Espelho da Lua, às 18h
Grupo: Tropa do Balacobaco (PE)
Local: Praça Fontenele de Castro, em Senador Guiomard

Espetáculo: As Mulheres de Molière, às 19h
Grupo: Cia Visse e Versa (AC)
Local: Calçadão do Novo Mercado Velho, em Rio Branco

Espetáculo: Exemplos de Bastião, às 20h
Grupo: Mamulengo Sem Fronteiras (DF)
Local: Calçadão do Novo Mercado Velho, em Rio Branco

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Miguel Proença: O pianista com alma de criança diz até logo a Rio Branco


[Foto: Fagner Delgado/prefeitura de Rio Branco]
“A minha missão é levar música a vocês, para que não se esqueçam. E não esquecemos o que emociona a gente”. A frase, dita pelo pianista Miguel Proença, foi dirigida aos ilustres convidados para a estreia da sétima edição do projeto “Piano Brasil”, na última quarta-feira, 8. A atividade ocorreu no Teatro Plácido de Castro, em Rio Branco.

Ansiosas para assistir ao ensaio aberto, centenas de crianças da rede pública de ensino, com idade entre 5 e 8 anos, expressavam excitação e curiosidade. Havia pelo menos três boas justificativas, já que a maioria experimentava de tudo aquilo pela primeira vez. O ambiente do teatro, a oportunidade de ver e tocar um piano e, ainda, a emoção provocada pela vibração da música erudita.

Do palco, o artista interagia com o público a todo momento. Brincou, conversou, fez perguntas e ensinou aos menores como se portar em um espetáculo, além de contar histórias das obras que reproduz e da carreira pessoal. O projeto congrega música e educação para superar uma antiga barreira cultural, que é a formação de plateia. O show, então, acaba virando uma aula prazerosa.

[Foto: Fagner Delgado/prefeitura de Rio Branco]
E a distribuição da cartilha “Piano Brasil VII” reforça o conteúdo apresentado. As imagens são da artista Bruna Assis Brasil, que também ilustrou a recente publicação infantil da jornalista Adriana Carranca: “Malala”. O autor dos textos é o maestro Ricardo Prado, responsável por uma revolução criativa, pedagógica e administrativa na Escola de Música Villa-Lobos, no Rio de Janeiro.

Quando a mágica acontece...

Agora a experiência já está no campo das memórias que ninguém esquece. Afinal, a primeiridade é um sentimento único. Que o diga o comunicativo Ezequiel Martins, que deixou o ensaio com os olhos brilhando e vontade de quero mais. “O pianista tocando, o espaço, eu achei muito interessante. Foi a minha primeira vez e pude ver tudo de pertinho”, confirma.

[Foto: Fagner Delgado/prefeitura de Rio Branco]
O rapazinho simpático de cabelos lisos na altura dos ombros responde ligeiro quando questionado se pretende retornar, e confessa que sim. A colega Michele Sombra economiza palavras, mas sorri satisfeita e avalia o que acabou de viver: “Foi muito legal, muito bonito. Nunca tinha ido ao teatro”. Dia histórico para os alunos das escolas Bom Jesus, Mário Lobão e Djanira Bezerra dos Reis.

A despedida

Fora a abertura, o “Piano Brasil” promoveu uma masterclass na Usina de Arte. O encontro, na quinta-feira, 9, gerou uma reflexão sobre o resgate da história do movimento erudito no Acre e uma troca de experiências entre o pianista e alunos e professores de música. A atividade se encerrou com um recital executado na sexta-feira, 10. Quem foi ao Teatro Plácido de Castro pediu bis.

[Foto: Fagner Delgado/prefeitura de Rio Branco]
A ação já alcançou 134 cidades do país e, em 2015, deve passar pelas cinco regiões até o mês de novembro. A proposta inicial surgiu após a divulgação da coletânea “Piano Brasileiro”, lançada em 2005 pela Biscoito Fino. A Unesco – pasta de cultura da Organização das Nações Unidas (ONU) – concedeu o título de “Patrimônio da Música Brasileira” à obra.

Hoje, o nome do gaúcho de Quaraí está gravado no muro da fama da Steinway&Sons, na Alemanha, que homenageia os pianistas mais relevantes do mundo. “Toco pelo Brasil, Europa e outros cantos do mundo há 50 anos, mas demorei para chegar aqui. Porém, fiz questão de trazer o concerto porque é um contato importante com a Amazônia e as novas gerações”, ressalta Proença.

[Foto: Fagner Delgado/prefeitura de Rio Branco]

A realização é da Delphos Produções e do Ministério da Cultura (MinC), com patrocínio do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal (CEF). Apoio da prefeitura de Rio Branco, representada pela Fundação Garibaldi Brasil (FGB), e do governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM).

terça-feira, 7 de julho de 2015

Pianista Miguel Proença apresenta a sétima edição do “Piano Brasil”


Com mais de 50 anos de carreira, o pianista Miguel Proença executa a sétima edição do “Piano Brasil” na cidade de Rio Branco. É a primeira vez, porém, que o projeto será desenvolvido no Acre. Músicos, pedagogos, arte-educadores e estudantes devem participar de atividades de iniciação à música erudita, formação de plateia e troca de experiências.

A programação começa nesta quarta-feira, 8, às 15h, no Teatro Plácido de Castro. De forma gratuita, os alunos da rede pública de ensino receberão cartilhas ilustradas criadas exclusivamente para o ensaio aberto, transformando-o numa espécie de show-aula. O texto é assinado pelo maestro Ricardo Prado e as ilustrações são da artista Bruna Assis Brasil.

O segundo passo será uma aula de masterclass na quinta-feira, 9, às 19h, na Usina de Arte. “Ministrei aulas na Alemanha durante cinco anos e formei grandes talentos. Criei um Centro de Referência Pianística na cidade de Vitória (ES), em 2014, onde ensinei durante o ano inteiro. É um dos meus maiores prazeres”, explica Miguel Proença.

O encerramento ocorre com um recital na sexta-feira, 10, às 20h, também no Teatro Plácido de Castro. O projeto “Piano Brasil” consolidou-se como uma das principais iniciativas à música erudita dos últimos anos e já foi recebido em 134 cidades brasileiras. Neste ano, a ação percorrerá as cinco regiões do país até o mês de novembro.

Norte: Rio Branco/AC, Manaus/AM e Palmas/ TO;
Nordeste: Recife/PE, Salvador/BA, Ihéus/BA e Natal/RN;
Centro-Oeste: Brasília/DF e Campo Grande/MS;
Sudeste: Rio de Janeiro/RJ, Vitória/ES e Ribeirão Preto/SP;
Sul: Porto Alegre/RS, Maringá/PR e Londrina/PR.

A realização é da Delphos Produções e do Ministério da Cultura (MinC), com patrocínio do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal (CEF). Apoio da prefeitura de Rio Branco e do governo do Acre - por meio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e da Fundação Elias Mansour (FEM), respectivamente.

Responsabilidade social

O “Piano Brasil” adota ações de contrapartida social alinhadas com alguns dos “Objetivos do Milênio” propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). A contratação de fornecedores e serviços para a execução do projeto, por exemplo, contempla os pequenos empresários. E o lixo produzido durante a programação já possui destino certo: reciclagem.

Os organizadores disponibilizarão recipientes de coleta seletiva e os resíduos serão enviados a uma cooperativa que atua na capital. Outra questão importante é a acessibilidade. Os recitais ocorrem em lugares com acesso adaptado aos portadores de necessidades especiais, com rampas, elevadores, assistentes e até mesmo assentos reservados aos cadeirantes.

terça-feira, 23 de junho de 2015

7º Piano Brasil ocorre em julho


O pianista Miguel Proença estará em Rio Branco para a sétima edição do “Piano Brasil”, no período de 8 a 10 de julho. O projeto deve atender músicos, pedagogos, arte-educadores e estudantes da rede pública de ensino com três atividades de iniciação à música erudita, formação de plateia e troca de experiências: masterclass, recital e ensaio aberto.

A realização é da Delphos Produções e do Ministério da Cultura (MinC), com patrocínio do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal (CEF). Apoio da prefeitura de Rio Branco e do governo do Acre, por meio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e da Fundação Elias Mansour (FEM) – respectivamente. Acesso gratuito!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Hoje começa a primeira etapa do 9º Circuito Junino, em Senador Guiomard

A programação é gratuita com início às 19h [Foto: Site Multicípios]
A nona edição do Circuito Junino ocorre nesta sexta-feira, sábado e domingo – dias 19, 20 e 21 de junho –, a partir das 19h, na Praça Fontenele de Castro, na cidade de Senador Guiomard.

Desde 2007, o evento apresenta o ritmo e as cores de grupos da cultura popular que, após avaliação do júri, buscam se classificar para o Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas, no Arraial Cultural. 

“O resultado será anunciado no próximo fim de semana, em Rio Branco, quando executaremos a etapa final”, disse Cimar dos Santos, presidente da Liga de Quadrilhas Juninas do Acre (Liquajac). 

Os ensaios dos quadrilheiros começaram em janeiro. Nesse período, já houve o lançamento do Calendário Junino e também dos arraiais comunitários, cuja renda é usada para investir nos grupos. 

“A articulação do movimento junino envolve a comunidade e ainda impulsiona a economia nos bairros da cidade”, ressalta o presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), Rodrigo Forneck.

A ação recebe o apoio das prefeituras de Rio Branco e Senador Guiomard, além do governo do Estado do Acre.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Semana dos Namorados já começou

A programação se encerra nesta sexta-feira, 12, Dia dos Namorados [Foto: Assis Lima/prefeitura]
A prefeitura de Rio Branco e a Fundação Garibaldi Brasil (FGB) lançaram a 3ª Semana dos Namorados, na entrada principal do Terminal Urbano (ao lado do box da PM). A atividade faz parte do calendário de datas comemorativas de 2015.

As atrações abrangem apresentações de músicos da cidade, ambiente fotográfico para os casais apaixonados e sorteio de 20 prêmios diferentes - como café da manhã, brinquedos, eletrodomésticos e até mesmo "um dia de princesa" em salão de beleza.

Proposta

Felicidades ao casal Boy e Karol que experimentaram a programação [Foto: Assis Lima/prefeitura]
A ideia é oferecer uma opções de entretenimento à comunidade, com a possibilidade de registrar o momento em foto, e promover o comércio do calçadão da Benjamin Constant por meio dessa ação, que deve atrair os olhares do público.

Lembrando que a região sofreu os efeitos da alagação deste ano e, no último domingo, 7, um incêndio na área ao lado do Colégio Acreano infelizmente destruiu os quiosques de onde um grupo de trabalhadores tiram o sustento da família.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

1º Fórum Setorial Integrado de Arte e Patrimônio Cultural ocorre na próxima quarta

O credenciamento começa às 18h (Foto: Acervo/Biblioteca da Floresta)
O 1º Fórum Setorial Integrado de Arte e Patrimônio Cultural de 2015 será na próxima quarta-feira, 10, na Biblioteca da Floresta. O credenciamento começa às 18h. A deliberação da pauta ocorreu durante uma reunião preparatória dos colegiados de Arte e Patrimônio Cultural, no dia 29 de maio.

O principal ponto é a extinção da renúncia fiscal concedida às empresas privadas que financiam projetos de artistas e fazedores culturais aprovados em Rio Branco, conforme está regulamentado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura – nº 1.324/99.

A proposta é que os investimentos sejam incorporados aos recursos do Fundo Municipal de Cultura (FMC) e que haja, ainda neste ano, um único edital referente a execução de iniciativas culturais. Após votação, o resultado do debate será apresentado ao prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre. 

"Mesmo que não sejam atuantes, é importante a participação de todos os cidadãos para que saibam como está sendo conduzido o Sistema de Cultura aqui na cidade", convida João Guedes Filho, chefe do Departamento de Incentivo à Cultura da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

SOBRE O FÓRUM

Trata-se de uma instância de deliberação do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), por meio da Comissão Executiva de Cultura (CEC), que abrange as áreas de Arte e Patrimônio Cultural, cujas atribuições estão disciplinadas no Artigo 24 da Lei do Sistema Municipal de Cultura.

O direito a voto é adquirido pelos conselheiros que participaram das três últimas reuniões da câmara temática da qual fazem parte, além de estarem inscritos no Cadastro Cultural do Município (CCM). Os fazedores de cultura que ainda não aderiram poderão fazê-lo no início da plenária, na quarta.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Convocação sobre o 1º Fórum Setorial Integrado de Arte e Patrimônio Cultural

(Foto: Sérgio Vale/Agência de Notícias do Acre - ANA)
O Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), por meio da Comissão Executiva de Cultura (CEC), convoca os conselheiros, articuladores e suplentes das câmaras temáticas de Arte e Patrimônio Cultural para uma reunião nesta terça-feira, 19, às 14h30, na sede da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Confira, abaixo, quais assuntos serão debatidos:

- Construção da pauta do 1º Fórum Setorial Integrado de Arte e Patrimônio Cultural (edital da Lei Municipal de Incentivo à Cultura 2015);
- Seleção dos componentes da mesa coordenadora dos trabalhos do Fórum;
- Eleição dos membros da Comissão de Avaliação e Aprovação de Projetos (edital da Lei Municipal de Incentivo à Cultura 2015).

Endereço: Avenida Doutor Pereira Passos, nº 225, Seis de Agosto, no Segundo Distrito | Nas dependências do Parque Urbano Capitão Ciríaco

terça-feira, 12 de maio de 2015

Reuniões pré-conferência: primeiro debate


Representantes do movimento cultural organizado e do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), por meio da Comissão Executiva de Cultura (CEC) e dos colegiados de Arte e Patrimônio Cultural, desenvolvem uma série de debates que antecedem a 1ª Conferência Extraordinário Municipal de Cultura, cuja data ainda está em aberto.

A proposta das chamadas "reuniões pré-conferência" contempla o debate, a avaliação e o acúmulo de conhecimento baseados na análise de relatórios de gestão disponibilizados pela Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), que é o órgão gestor.

Após ter acesso aos documentos, o movimento cultural pretende qualificar o debate para a conferência, que tratará da alteração, em todas as instâncias, da Lei do Sistema Municipal de Cultura (nº 1.676/2007) e da Lei do Patrimônio Cultural de Rio Branco (nº 1.677/2007), além da reestruturação do órgão gestor e do Plano Municipal de Cultura.

Resultado do primeiro debate

O primeiro encontro da agenda ocorreu no dia 15 de abril deste ano, com a participação de 23 militantes em diversos segmentos de cultura – baixe a ata da reunião. Após receber proposições da sociedade civil, o grupo iniciou a construção do Regulamento da Conferência Extraordinária Municipal de Cultura. Veja, abaixo, os principais pontos:

a) Construção e aprovação de um único regulamento referente à conferência, considerando que antes havia uma proposta para a criação de um regimento interno complementar. O grupo, no entanto, pactuou que apenas o novo regulamento já contemplaria as necessidades da ação;

b) Inclusão de demandas propostas pela sociedade civil, conforme aprovado no regulamento;

c) Realização da conferência em três momentos distintos: Pontapé com as reuniões pré-conferência, seguidas da plenária e, por fim, início de um ciclo de reuniões pós-conferência – assim como está disposto no regulamento;

d) Por meio da sociedade civil, o órgão gestor recebeu um pedido formal para que apresente relatórios sobre a gestão de diversas áreas do SMC, CMPC e CEC, até o dia 15 de maio, afim de subsidiar as discussões nas reuniões pré-conferência, que serão retomadas após o fim do prazo;

e) Discutir a Lei do Patrimônio Cultural de Rio Branco (nº 1.677/2007) ao invés do Plano Municipal de Cultura – tema que deve ser explorado ainda na Conferência Ordinária deste ano.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Em Rio Branco, o período junino já está aberto

(Foto: Assis Lima/Prefeitura)
As cores, músicas e coreografias de São João cortejaram às margens da Gameleira, no último sábado, 18, em comemoração ao lançamento da terceira edição do “Calendário Junino” da capital. O anúncio reuniu os 11 grupos que integram a Liga de Quadrilhas Juninas do Acre (Liquajac), que é responsável pela ação, para divulgar o expediente que se estende ao mês de junho deste ano.

Agora, dezenas de arraiais estarão nos bairros da cidade preparados para oferecer comidas típicas, rifas, bingos, apresentações de música, danças, jogos e brincadeiras. A receita de cada evento contribuirá para que as comunidades produzam os espetáculos que disputarão o Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas, da expressão estilizada a tradicional, no aguardado 17º Arraial Cultural.

“Os quadrilheiros são os protagonistas da festa e cumprem a missão de alegrar o povo, por meio de criações artísticas, com temas atuais ou baseados em fatos históricos, que reafirmam as nossas raízes amazônica e nordestina. É um motivo de orgulho para a administração do Município”, comenta Rodrigo Forneck, diretor-presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Quando apresentada, em 2014, a proposta recebeu cem por cento de aprovação pela comissão que avaliou os projetos do Fundo Municipal de Cultura (FMC) – política pública de financiamento nas áreas de arte e patrimônio cultural –, algo inédito até então. Apoiadores, o governo e a prefeitura também investem na ação para fortalecer o diálogo junto aos fazedores da cultura popular.

Função social e renovação cidadã

(Foto: Assis Lima/Prefeitura)
No mesmo dia e local, a Liquajac ainda abriu a temporada do “7º Esquenta Junino” e exibiu ao público uma prévia da performance que cada grupo começou a ensaiar desde janeiro. “Queremos expandir as atividades e torná-las acessíveis à população. Os eventos são gratuitos e articulados coletivamente”, ressalta o presidente da instituição, Cimar dos Santos.


Para Karla Martins, diretora-presidente da Fundação Elias Mansour (FEM), o início do São João colabora com o processo de cura pós-alagação que ainda está em curso na cidade. “Passamos por um momento muito triste e difícil, mas agora renasce a esperança e os motivos para sorrir. Qualidade técnica e companheirismo são características desse movimento tão rico e aguerrido”.

Clique aqui para acessar o calendário

quarta-feira, 8 de abril de 2015

NOTA DE PESAR



A prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), comunica com pesar o falecimento do músico acreano Chico do Bruno, que aconteceu na última terça, 07.

Chico do Bruno contribuiu com muita dedicação e responsabilidade por grande parte da sua vida, fazendo o que mais gostava, que era música e a Marujada. Neste momento delicado, a prefeitura se solidariza com a família e amigos que sofrem pela perda.

terça-feira, 31 de março de 2015

Xingu será exibido na Filmoteca Acreana

A entrada é franca!
Os irmãos Villas-Bôas participaram da Expedição Roncador-Xingu, na década de 1940, cuja proposta do governo federal era desbravar o interior do Centro-Oeste. Após 35 anos na região, eles contribuíram expressivamente para o conhecimento e preservação da floresta. Catalogaram aproximadamente cinco mil indígenas e diversas tribos. Criaram cidades, como Nova Xavantina, e idealizaram, ainda, o Parque Indígena do Xingu.

Esses fatos históricos estão no filme "Xingu", que será exibido nesta terça-feira, 31, às 19h, na Filmoteca Acreana (anexa à Biblioteca Pública), com entrada franca! A própria família Villas-Bôas apresentou o projeto ao cineasta Fernando Meirelles, que indicou Cao Hamburger (Castelo Rá-Tim-Bum) para a direção. A maior parte das filmagens ocorreu no estado do Tocantins e no Parque Indígena Xingu, com duração de 10 meses.

Impressões

Confira uma curta entrevista sobre o filme, concedida à Revista do Cinema Brasileiro, com o produtor Fernando Meirelles e o diretor Cao Hamburger


segunda-feira, 30 de março de 2015

Descordantes no Estúdio Showlivre

Diego Torres (Dito), vocalista e guitarrista da banda Os Descordantes (Foto: Divulgação/Showlivre)
Os Descordantes lançaram o primeiro álbum da banda no ano passado, em formato virtual, chamado "Espera a Chuva Passar". O pernambucano Bruno Souto canta em uma das 11 faixas.

Faixas que foram produzidas pelo músico João Vasconcelos (ex-guitarrista da Los Porongas), no estúdio Cambuci Roots, na capital paulista.

E foi para lá que Dito, George, Saulinho e Max voltaram no último 12 de março, quando gravaram uma apresentação exclusiva para o Estúdio Showlivre [http://zip.net/bqq2fV] - com direito a transmissão ao vivo pelo You Tube.

Além de shows na grande São Paulo, o quarteto chegou até Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR), por meio da "‪#‎descordotour2015‬", onde tiveram boa recepção de público e da crítica especializada.

Sobre a Showlivre

Colabora há mais de 10 anos com artistas relevantes da música brasileira, como no caso de Zeca Baleiro, Raimundos, Jair Rodrigues e Pitty. A produtora, inclusive, fez a cobertura completa do Festival da Amazônia Ocidental (Faao), em 2014, que ocorreu em Rio Branco [http://zip.net/bmq1lQ].

Nikon seleciona obras fotográficas

Inscrições se encerram em 30 de abril deste ano
Cinco jovens fotógrafos serão selecionados pela Nikon Brasil, em parceria com a DOC Galeria, para exibição de obras na Galeria Nikon - espaço cultural localizado na Vila Madalena, em São Paulo (SP).

Os candidatos podem enviar dois ensaios fotográficos com tema livre, contendo de cinco a dez imagens, até 30 de abril. Como pré-requisito, as fotos precisam ter sido registradas por uma câmera Nikon.

Mais informações

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Informes


Informe nº 1
Atendendo ao pedido da sociedade civil organizada, a Comissão Executiva do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CEC) publica nesta terça-feira, 24, a minuta do Regulamento Interno da 1ª Conferência Municipal Extraordinária de Cultura (CEMC), que está marcada para o período de 10 a 12 de abril deste ano.

Os fazedores de cultura poderão acessar o documento que já está disponível no blogue da FGB. Com isso, é possível avaliar e, posteriormente, sugerir alterações por meio do endereço eletrônico consultapublica.cmec@gmail.com.

Informe nº 2
Os colegiados de Arte e Patrimônio Cultural, além dos responsáveis pelo envio de abaixo assinado ao CEC, estão convidados a participar da construção da metodologia que deve ser utilizada nas próximas reuniões. A conversa será no dia 3 de março, às 15h, no Teatro de Arena do Sesc, no Centro.

Nota de pesar


A prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), comunica com pesar o falecimento do servidor público Raimundo César Coelho, que aconteceu na tarde deste sábado, 28, de causas naturais.

Raimundo César contribuiu com muita dedicação e responsabilidade por mais de 15 anos junto a comunidade do Centro Cultural e Social Lydia Hammes - no bairro Aeroporto Velho. Neste momento delicado, a prefeitura se solidariza com a família e amigos que sofrem pela perda.

O corpo está sendo velado na Cidade do Povo.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Baile de Carnaval para idosos marca a entrega do Centro Cultural Lydia Hammes

Espaço contempla os moradores dos 18 bairros da Baixada do Sol (Foto: Assis Lima/Prefeitura)
Após revitalização, a prefeitura de Rio Branco devolve o Centro Cultural e Social Lydia Hammes à comunidade do Aeroporto Velho. A cerimônia ocorre nesta sexta-feira, 13, a partir das 15h, com um baile de Carnaval para a população idosa da região.

O público também poderá visitar o memorial fotográfico que foi concebido para preservar a história do espaço, que, na década de 1950, abrigou a Estação de Passageiros Salgado Filho. A entrega do imóvel faz parte das comemorações dos 50 anos de fundação do bairro.

Função social

O Lydia Hammes existe desde 1996 e contempla os moradores dos 18 bairros da Baixada do Sol, na Regional VI – a maior da cidade. Lá, os fazedores de cultura promovem atividades gratuitas em diversas áreas, além do consagrado forró do grupo “Redescobrindo a Vida”, aos sábados.

“Cumprimos mais esse compromisso com muito respeito e admiração pelos moradores da baixada. Estamos satisfeitos porque a comunidade proporciona um diálogo muito forte à administração municipal”, comenta Rodrigo Forneck, diretor-presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Resgate histórico

O primeiro aeroporto do Estado – Estação de Passageiros Salgado Filho – foi construído pelos praças da Guarda Territorial do Acre, sob comando do tenente-coronel Manoel Fontenele de Castro, na gestão de José Guiomard Santos.

A obra começou em 1947 e foi concluída dois anos depois. Porém, a entrega só ocorreu em 23 de março de 1950. O nome é uma homenagem póstuma ao político gaúcho Joaquim Pedro Salgado Filho, que foi primeiro ministro da Aeronáutica no período de 1941 a 1945.

O dia de inauguração ficou marcado por uma grande festa no salão principal, que recebeu decoração especial da ex-primeira-dama do Estado, Lydia Hammes. O frei Thiago Maria Matioli abençoou o espaço e, em seguida, deu-se início ao baile de aniversário do governador.

Na época, o prédio era considerado como um dos mais belos da arquitetura amazônica. O Rio Acre ainda exercia a função de ser a principal via de acesso até a estação, que era a única responsável por promover o contato do estado com outros centros do país.

Mudança administrativa

Rio Branco não era a mesma após duas décadas, quando a modernização se fez presente em todas as áreas de produção: da arquitetura aos novos modelos de avião. As aeronaves já não cabiam mais na pista do Salgado Filho e o número de passageiros também havia aumentado.

Em 1974, o ex-governador Francisco Wanderley Dantas abre as portas do Aeroporto Presidente Médici. Com isso, a Estação de Passageiros foi abandonada gradativamente e passou a ser conhecida como “Aeroporto Velho”.

A doação ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) ocorreu em 1978, na administração de Geraldo Gurgel de Mesquita. A partir de então houve um esforço para arborizar o entorno com o plantio de frutas da região.

A instituição ocupou o imóvel até a metade da década de 1980, ocasião em que foi entregue a Rio Branco. Sem uso específico, o ex-prefeito Jorge Viana assume o município e começa a promover várias atividades aos moradores. O compromisso assumido no passado permanece até hoje.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Classificados na pré-seleção das realezas do Carnaval

(Foto: Assis Lima/Prefeitura)
A pré-seleção da realeza do Carnaval elegeu os nomes que disputarão a grande final do concurso. O evento ocorre neste sábado, 13, a partir das 19h, na Concha Acústica Jorge Nazaré. Os classificados receberão ajuda de custo de R$ 400.

O júri votou em cinco nomes para cada uma das categorias – Rei Momo, rainhas gay e do sexo feminino. Neste ano, porém, apenas quatro concorrerão ao posto de Rainha Travesti, já que duas candidatas se ausentaram da competição. No total, governo e prefeitura receberam 32 inscrições.

Grande final
(Foto: Assis Lima/Prefeitura)
A premiação contempla do primeiro até o quinto colocado, com valores entre R$ 300 e R$ 3 mil. Após a coroação, a corte real assume obrigações referentes a participação na agenda da folia de Rio Branco, em mais de 30 bairros, que se encerra no dia 17 deste mês.

“Essa etapa foi sucesso de público e também de organização. O mais interessante foi perceber a comunidade reunida, brincando e torcendo pelos seus representantes. Não houve qualquer registro de violência”, comenta Rodrigo Forneck, diretor-presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

(Foto: Assis Lima/Prefeitura)
- Rei Momo
Eduardo Willia
Emanuel Bento
Júnior Lima
Luiz Vasconcelos
Mauro Café

- Rainha (sexo feminino
Kelly Vicente
Radmila da Silva
Rayanes Souza
Roberta dos Santos
Tammiles Agatha

- Rainha Gay
Clara Cristina
Ellen Hanashara
Liah Ferrari
Lorrana Rios
Taemy Alcântara

- Rainha Travesti
Iasmim Sales
Ketlim Decalafiory
Tachilla Vlop Brandão
Thalya

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Carnaval começa na próxima semana


A agenda da folia contempla as etapas de pré-seleção e a grande final da escolha das realezas, além do Carnaval Comunitário, em mais de 30 bairros, e o 4º Concurso de Blocos com Bateria. As ações serão executadas por meio de parceria entre o governo do Estado, a prefeitura de Rio Branco e associações de moradores. Confira aqui se o bairro em que você mora faz parte da programação.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Prefeito acompanha os ensaios abertos dos blocos de Carnaval

(Foto: Fagner Delgado/Prefeitura)
O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, e representantes da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) visitaram os ensaios abertos do “Sambase” e do “6 é D+” (campeão de 2014), na noite da última terça-feira, 3. Os grupos estarão no desfile do 4º Concurso de Blocos Carnavalescos com Bateria.

O evento será no próximo dia 17, a partir das 18h, na Avenida Doutor Pereira Passos (do Supermercado Araújo até a caixa d'água do Seis de Agosto). “Sem Limite” e a “Vila do Fuxico” também estão na disputa. A programação integra a agenda da folia lançada pelo Estado e Município.

"A gestão pública não faz cultura, mas deve promover meios e incentivos. Os protagonistas das manifestações culturais estão na comunidade, é o povo, são eles que demandam as ações", explica Rodrigo Forneck, diretor-presidente da FGB.

Fora isso, ainda haverá a escolha das quatro realezas, com pré-seleção neste sábado, 7, das 18h às 21h, na Concha Acústica, além do Carnaval Comunitário em mais de 30 bairros de Rio Branco – quase o dobro do ano passado –, no período de 13 a 17 deste mês.

Sobre o concurso

(Foto: Fagner Delgado/Prefeitura)
Os grupos classificados do primeiro ao quarto lugar receberão troféus e prêmios em dinheiro de R$ 500 a R$ 3 mil. Já as duas baterias que atingirem as maiores pontuações estarão automaticamente escaladas para comandar a música nas etapas do Concurso da Realeza do Carnaval de 2016.

Os ensaios começaram no início do ano e só devem cessar às vésperas do desfile. Os foliões se concentram sempre no período da noite, em um ponto fixo do bairro, de segunda-feira a sábado. Cada bloco possui de 300 a 600 brincantes, com a participação de crianças, jovens, adultos e idosos.

“É possível, sim, brincar um Carnaval de paz, alegria e com a comunidade reunida. A gente vê a alegria e o esforço dos envolvidos. Como amigo, como prefeito, eu me coloco à disposição. O carinho pelas manifestações de rua é muito sincero. Parabéns!”, comenta Marcus Alexandre.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Prefeitura: Carnaval em mais de 30 bairros

Abaixo você poderá baixar a programação
A prefeitura de Rio Branco e o governo do Acre acabam de lançar a agenda do Carnaval Comunitário, que contempla mais de 30 bairros. Na Sborba, o prefeito estendeu o convite para que a população participe da pré-seleção das realezas, que ocorre neste sábado, das 18h às 21h, na Concha Acústica.

A grande final será no próximo dia 13, a partir das 19h, no mesmo local. E as comemorações ainda reservam o 4º Concurso dos Blocos com Bateria, marcado para a terça-feira de Carnaval, também às 19h, no Parque da Maternidade. A concentração fica na região da Concha Acústica.

Daqui a pouco, às 20h, representantes da prefeitura e da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), incluindo os gestores Marcus Alexandre e Rodrigo Forneck, visitarão os ensaios abertos da Vila do Fuxico, no bairro 15, e do Sambase, na Base. E não é por nada, não, mas tá muito bonito!

Os brincantes se reúnem sempre no período da noite, entre segunda-feira e sábado, dependendo do grupo. Você pode baixar a programação completa do Carnaval aqui

Com a palavra, o prefeito:
"O Carnaval está chegando. E pelo terceiro ano consecutivo a prefeitura de Rio Branco e o governo do Estado são parceiros das associações comunitárias na realização da Festa Momesca. Agora há pouco lançamos a programação do Carnaval 2015 – Tem Folia na Cidade. Serão dias de muita alegria em mais de 30 bairros de Rio Branco. Vamos brincar com alegria e segurança. Vista sua fantasia e participe da Folia na Cidade", Marcus Alexandre.

Sim, "O Acre Existe"

Os produtores percorreram várias cidades acreanas
Do Canal Brasil ao acesso do clique. O recente documentário "O Acre Existe" está liberado para ser assistido, na íntegra, até o dia 14 deste mês. O roteiro expõe a descoberta mútua da cultura local pelo registro de quatro paulistas da produtora "Controle Remoto Filmes".

Da história do estado ao Santo Daime; das tribos indígenas à herança de Chico Mendes; dos soldados da borracha ao Acre atual. É, sobretudo, uma produção que valoriza os personagens e a nossa gente. Boa sessão!

Paulo Silva Jr., Bruno Graziano, Milton Leal Raoni Gruber
Assista aqui
http://zip.net/bbqJVM

Você também pode curtir a página do filme
http://zip.net/bqqKJB

Mostra Holocausto: A Lista de Schindler

Filme é um dos grandes sucessos na carreira do diretor Steven Spielberg
A Mostra Holocausto exibe o norte-americano "A Lista de Schindler" nesta terça-feira, 3, a partir das 19h, na Filmoteca Acreana. O diretor Steven Spielberg apresenta o senso humanitário do empresário alemão Oskar Schindler (Liam Neeson), que, mesmo fazendo parte do Partido Nazista, salvou a vida de mais de mil judeus ao empregá-los na fábrica dele - aceitando que perderia a fortuna que havia acumulado.  

Pormenores: Lançado em 1993, a produção registrou sucesso de bilheteria e levou sete dos onze Oscars a que foi indicada, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, como também muitos outros prêmios (três Globos de Ouro e sete BAFTAs). Em 2007, o American Film Institute elegeu "A Lista de Schindler" como o oitavo melhor filme americano da história.

A realização é do governo do Acre, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM) e do Departamento Estadual do Livro e da Leitura (DELL) | Endereço: Av. Getúlio Vargas, nº 389, Centro | Contato: (68) 3223-1210 | Entrada franca!