Relatório de Gestão CMPC e Fale Conosco

quinta-feira, 5 de março de 2009

Qual tal uma Festa Marcina?

A saudosa Vó Nazaré (à direita) em festa junina


As festas juninas podem estar longe, mas isso não significa que os envolvidos nesta forma de cultura ficam parados durante o resto do ano. A Liga de Quadrilhas Juninas do Acre realiza nesta semana o projeto “Festival de Arte e Cultura de Rio Branco”. São oficinas, contação de historias, apresentações de danças populares, teatro, cinema popular e outras atrações culturais que fazem parte desta grande festa. O Festival é um projeto financiado pelo Fundo Nacional de Cultura do MinC, e também conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB) e fundação Estadual de Cultura Elias Mansour (FEM). O evento vai ser realizado nos dias 05, 06 e 07 de março, das 15h às 21h, no Centro de Tradição Populares (Quadrilhodrómo do Tucumã).

Mas não pense que só vai encontrar uma festa junina antecipada. Apesar das maravilhas do arraial, além das apresentações das quadrilhas o projeto conta também com outras formas de manifestações culturais, que vão desde o nordestino carimbó, a tradicional marujada até o urbano hip-hop. O projeto também conta com a participação da Feira do Sebo, que tradicionalmente acontece no Mercado Velho, mas durante os três dias acompanha as atividades do projeto da Liga de Quadrilhas. São livros, revistas, LPs e diversos produtos disponíveis para a troca e venda.

Senta que lá vem história

Quem nunca foi em um arraial? Apesar das brincadeiras nas barracas de jogos ou das deliciosas comidas típicas, a grande atração a noite sempre é a apresentação dos grupos de quadrilhas. A quadrilha junina é um espetáculo cênico inserido na cultura popular, que busca formas de manter suas tradições ao mesmo tempo em que tenta acompanhar os movimentos contemporâneos. No Acre o movimento é forte. Em 2001, coordenadores de quadrilhas juninas se reuniram e fundaram no dia 23 de abril a Liga de Quadrilhas Juninas no Acre (LIQUAJAC), que é filiada na Confederação Brasileira de Entidades de quadrilhas Juninas (CONFEBRAQ). É através das danças de quadrilhas que a instituição busca estimular e incentivar as inclusões sociais e a formação cultural, dando a oportunidade para outras manifestações culturais relacionadas a essa grande festa.


A Feira do Sebo participa todos os dias do evento



Programação do Festival de Arte e Cultura de Rio Branco

Dia 05/03
16h – Hip-hop Tropa de Elite Centro Acreano de hip-hop
17h – Carimbó da 3ª Idade
18h – Dança Contemporânea - Cia. de Dança Garatuja
20h – Mamulengo – Grupo de Olho na Coisa (FETAC)
21h – Velho Justino – Monólogo Tancredo Silva
21h30 – Quadrilha Junina – Matutos na Roça (LIQUAJAC)

Dia 06/03
16h – Kung Fu – Super Liga Acreana de Kung Fu
17h – Facção Dance
18h - Fanfarra
20h – Casamento Caipira - LIQUAJAC
21h – Cia. de Dança CEAN – Colégio Estadual Armando Nogueira
21h30 – Quadrilha Junina – Sassaricano na Roça (LIQUAJAC)

Dia 07/03
16h – Roda de Capoeira – Grupo Capoeira Senzala
17h – Marujada – Comunidade Calafate
18h – Saci – Marupiara Jabuti Bumbá
20h – Dança Afro - CerNegro
21h – Casamento Caipira (LIQUAJAC)
21h30 – Quadrilha Junina – Pega Pega (LIQUAJAC)

Um comentário:

Rachel Dourado disse...

Obá o trem tá bom demais.
Vou catar meu filho e curtir bem essa festa.